BLOG

Óleos Vegetais: como fazer seu uso diário no rosto?

By em

articles/photo-1515377905703-c4788e51af15_1.jpg

A utilização de óleos vegetais na rotina da beleza é algo que existe há muito tempo, e não é de hoje que existem diversos tipos de óleos para atender as mais diferentes necessidades de cada pele. 

Muitas pessoas ainda têm receios de utilizarem óleo no rosto (principalmente pessoas que produzem mais sebo e oleosidade), pois tem medo disso ocasionar mais cravos e espinhas, estimular ainda mais a produção de sebo da pele e obstruir os poros. Porém, com tantos óleos vegetais super nutritivos que a mãe-natureza nos proporciona, basta informações reais para comprovar os benefícios do uso deles no rosto e corpo, e entender que muitos deles ajudam no tratamento de dermatites, falta de viço e elasticidade, falta de nutrição e até mesmo a acne e a sua cicatrização! 

Vamos entender um pouco mais sobre como eles atuam em nossa pele?

Os óleos vegetais são extraídos das sementes de plantas oleaginosas, portanto são um produto muito concentrado em vitaminas, proteínas e ácidos graxos. Eles podem ser utilizados de diversas formas no mundo da beleza, no corpo, rosto e nos cabelos, e para cada lugar do corpo e tipo de pele, existe um óleo vegetal que cai como uma luva para atender as demandas da mesma. 

Vamos para os tipos e indicações? <3 

Peles Oleosas/Mistas

Óleo de Rosa Mosqueta: ele atua de forma equilibrante sobre a pele, possui propriedades rejuvenescedoras, hidratantes e que com o tempo, diminuem a produção de sebo da pele, justamente por agir como um agente de equilíbrio. Se você passar uma pequena quantidade na pele todos os dias, principalmente misturando-o ao seu creme facial, ou apenas aplicando-o puro sobre a pele (indicamos fazer isso no período noturno), em alguns meses você irá perceber a diminuição da produção de oleosidade excessiva, uma pele mais brilhante e hidratada.

Óleo de castanha do Pará: esse óleo possui alto teor de hidratação e é rico em vitaminas A e E, ácidos graxos e elementos como zinco, ferro, potássio. Além disso, ele ajuda no combate do envelhecimento celular, deixando a pele com um glow lindo e sempre renovada. Aplique uma camada fina sobre a pele e deixe agir por 15 a 20 minutos, depois enxague com uma loção de limpeza. 

A TERRAL possui o hidratante facial May Chang, pensado para peles oleosas, e o hidratante facial Gerânio, pensado para peles mistas. Ambos contém óleo de Rosa Mosqueta e de Castanha do Pará em sua composição, atuando como equilibrante e regenerador da pele. É uma ótima opção para sua rotina de skincare, juntando o útil ao agradável <3 Vale a pena conferir!

Óleo de Jojoba: é composto por vitaminas A, B1, B2 e E. Esse óleo possui toque leve e seco, e é muito bom para peles oleosas justamente por sua textura e por ter rápida absorção, não pesando a pele. Ele possui ativos anti-inflamatórios e adstringentes, minimizando inflamação da acne e melhorando o aspecto da pele. 

Peles Secas e sensíveis:

Óleo de amêndoa doce: riquíssimo em ômega 3 e vitamina E, o óleo de amêndoa doce possui alto poder hidratante e estimula a produção de colágeno, melhorando a elasticidade e o aspecto da pele. Além disso, possui efeitos regeneradores e firmadores que dão ainda mais viço para a pele.   

Óleo de Oliva: super acessível, o óleo de Oliva não agride a pele, e também possui alto potencial hidratante. Com toque leve e acetinado, você pode incluí-lo em sua rotina de beleza através de máscaras faciais que possuem esse óleo, ou aplicá-lo diretamente na pele e deixando-o agir entre 15 a 20 minutos, e depois removendo-o com água fria e uma loção de limpeza hidratante.

Pele Madura

A pele madura necessita de óleos hidratantes que irão auxiliar na redução de linhas finas e flacidez. 

Óleo de Romã: melhora a elasticidade e a firmeza da pele. Atua também na renovação celular, sendo um ótimo aliado para peles maduras. Além disso, possui propriedades antioxidantes que combatem o envelhecimento e os radicais livres. Seu uso pode ser diário e aplicado na parte da noite, com uma fina camada sobre a pele. 

Óleo de Andiroba: age na recuperação e regeneração da barreira cutânea, atuando em estados de desidratação intensa. Possui alto teor de vitaminas e ácidos graxos que promovem melhora no aspecto da pele e em sua nutrição. Aplique uma camada fina sobre a pele, ou deposite uma gotinha em seu creme facial diário. 

Agora, depois de muitas dicas, que tal aderir aos óleos vegetais em sua rotina de beleza? Além de benéficos para a sua pele, por serem totalmente naturais também ajudam a mãe-natureza e contribuem para a saúde real da barreira cutânea, preservando sua integridade e ciclos orgânicos. 

Compartilha com a gente suas dúvidas e observações! Para nós será um prazer fazer parte dessa troca <3


Deixe um comentário

Observe que os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados